Hangul, letras vivas!


Hoje dia 9 de outubro é dia mundia de HANGUL, letras coreanas ou alfabato silábico utilizado para na escritura coreana. Ele foi inventado pelo Rei Sejong, o Grande em 1446. Antes de ter suas própria letras, usavam ideogramas chineses, estes muito complicados e difíceis de aprender . 


Dizem que houve um caso em que o filho matou o próprio pai, algo muito incomum na época, e o rei Sejong chocado com o fato e escreveu um livro onde fala sobre lealdade, honra e principalmente respeitar os pais. Com isso esperava que o povo tenha mais respeito ao vida.

Mas o grande problema é que na maioria do povo n'ao sabia ler ideograma chineses. Demorava 20 anos para ler e escrever pois eram milhares letras para decorar. Assim o rei ficou desanimado e assim começou um estudo sobre como criar uma letra fácil de ensinar e utilizar.

Depois de anos e anos finalmente em 1446 foi apresentado para o povo, mas logo os nobres eram contra a idéia, pois ler era uma forma de elevar status, controlar informações previlegio dos elites. 

Mas mesmo com toda essas dificuldades o rei Sejong nos deixou letras fáceis de aprender. São 24 letras de Jamo, das quais 14 são consoantes e 10 vogais. Cada letra consiste de 2 ou máximo 5 letras formando uma sílava.

 

Para quem não está familiarizado acha que é o mesmo que letras chines e japoneses e isso é totalmente errada. Hangul também é científico, consoantes representa forma de língua, por exemplo letra "ㄱ"(giyeok) tem forma de língua dobrada, "ㅇ"(ieung) tem forma de boca e pronuncia O. 


Por último quem quiser aprender coreano lembre-se, com aulas de 1 hora é possível escrever seu nome. Quem quiser aprender mais recomendo seguinte blog onde tem apresentação e aulas já prontas. boas aulas

Comentários

  1. Obrigada pela sua explicação. Tem muita gente ignorante que acha que mandarim, japonês e coreano é tudo igual. Kamsamnida!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas